Instituto Baleia Jubarte

baleia jubarte praia do forte

O Instituto Baleia Jubarte, criado em 2000 com o objetivo de monitorar e fazer a conservação das baleias jubarte em águas brasileiras e sede em Praia do Forte, é constituído por uma equipe de biólogos preparados para receber esses ilustres visitantes, que chegam da Antártida fugindo das águas frias no período de julho a outubro. Praia do Forte se tornou uma área de concentração e reprodução desses mamíferos.

Durante a “baleiada”, atividade desenvolvida para avistagem desses animais em alto mar, os visitantes tem a oportunidade de observar belas acrobacias. Com baleias que chegam até 16 metros de comprimento e 40 toneladas, um verdadeiro espetáculo da natuzera na costa baiana.

Antes do passeio, são ministradas palestras, onde é possível obter informações sobre o mamífero, como hábitos, comportamento e curiosidades. Dentro do Instituto Baleia Jubarte também se encontra um museu disponível para visitação. O Instituto funciona atende apenas grupos previamente agendados.

Não abrimos mais aos sábados e feriados.

Cotação Online

  • This field is for validation purposes and should be left unchanged.

Previsão para Praia do Forte

Mata de Sao Joao
26°
nuvens quebrados
humidity: 78%
wind: 5m/s ENE
H 25 • L 24
29°
Fri
28°
Sat
27°
Sun
28°
Mon
Weather from OpenWeatherMap

Reserva Sapiranga

reserva sapiranga

Para os apaixonados do ecoturismo e turismo de aventura, as opções são as caminhadas na Reserva Sapiranga, formada por seiscentos hectares de Mata Atlântica e habitat natural de espécies diferentes de flores e plantas nativas, entre elas as orquídeas e bromélias.

Os passeios pela reserva sapiranga podem ser feitos de várias maneiras como: caminhada, bicicleta, cavalo e para os que preferem mais aventura, a melhor opção é o quadríciclo. Todas as trilhas são sinalizadas.

reserva sapirangaUtilize roupas leves, largas e resistentes, boné, calça comprida, tênis ou botas confortáveis (nunca utilize bermudas, chinelos ou sapatos de salto alto). Utilize mochila para carregar objetos de uso pessoal e ficar com as mãos livres. Leve repelente contra insetos e lanche para depois do passeio, de preferência alimentos energéticos.

Informe ao guia, antes da visita à floresta, da existência de algum visitante com alergia ou doenças graves. O tempo de passeio é livre e a duração média da bike tour é de 3 a 4 horas. Bugre e quadriciclo.

Duração do passeio

Média de 2 horas para um percurso total de 16 km.

Cotação Online

  • This field is for validation purposes and should be left unchanged.

Previsão para Praia do Forte

Mata de Sao Joao
26°
nuvens quebrados
humidity: 78%
wind: 5m/s ENE
H 25 • L 24
29°
Fri
28°
Sat
27°
Sun
28°
Mon
Weather from OpenWeatherMap

Projeto Tamar

projeto tamar praia do forte

O Projeto Tamar trabalha na pesquisa, proteção e manejo das cinco espécies de tartarugas marinhas que ocorrem no Brasil, todas ameaçadas de extinção.

projeto tamar praia do forte bahiaTodos os anos, entre setembro e março, esses animais chegam para desovar na Praia do Forte e em outros pontos da costa brasileira. Mais de 50% dos ninhos protegidos pelo Tamar no Brasil ocorrem em praias baianas. O litoral norte da Bahia é a principal área remanescente de desova de tartarugas-cabeçudas e tartarugas-de-pente no Atlântico Sul. Também ocorrem desovas de tartarugas-oliva e, em menor número, de tartarugas-verdes.

O Centro de Visitantes (CV), ao redor do Farol Garcia D’Ávila, foi criado em 1982 e mostra o que o Tamar faz para proteger as tartarugas marinhas através de sensibilização e educação ambiental. O CV e a loja são estruturas de geração local de emprego, renda e arrecadam recursos para as ações de conservação do Projeto. Uma programação cultural para a população local e visitantes acontece periodicamente. Funciona todos os dias, das 09:00h às 17:30h.

Cotação Online

  • This field is for validation purposes and should be left unchanged.

Previsão para Praia do Forte

Mata de Sao Joao
26°
nuvens quebrados
humidity: 78%
wind: 5m/s ENE
H 25 • L 24
29°
Fri
28°
Sat
27°
Sun
28°
Mon
Weather from OpenWeatherMap